Joelho rangendo – o que pode ser?

Muitas pessoas, ao dobrarem a perna, apresentam um barulho de crepitação no joelho, como se ele rangesse. Isso é uma situação comum, que pode assustar, mas que se não há dor ou inchaço associado, não há razão pra se preocupar.

Um joelho rangendo, sem dor, geralmente é resultado da existência de bolhas de ar dentro da articulação do joelho. Se esse é o caso, o barulho que surge com o movimento acaba desaparecendo à medida que se movimenta mais. Depois volta a surgir. É a formação de novas bolhas.

Mas caso haja o ranger associado à dor ou inchaço, então a pessoa deve procurar atendimento.

Diagnóstico
O diagnóstico de qual é a razão pela qual o joelho está rangendo deverá ser feito pelo médico ortopedista.

O médico fará diversas perguntas sobre como o paciente se sente, sobre a dor, se ela melhora, piora e como, além de solicitar alguns exames de imagem.

O exame de raios-X é bastante comum na ortopedia e pode eliminar suspeita de fraturas na região. Mas o melhor exame para diagnóstico é a ressonância nuclear magnética, pois ela permite examinar a região tridimensionalmente.

Principais causas de joelho rangendo
Além da formação de bolhas de ar dentro da articulação, a qual não está associada a dor e o paciente pode conviver com elas, há outras situações que geram dor e que tem tratamento.

Uma das principais causas de joelho rangendo, com dor, é a condromalácia patelar. Esse tipo de condição gera dor na região anterior do joelho.

A condromalácia patelar é também chamada de síndrome de dor patelo-femural, justamente por provocar dor na região entre a patela, que é osso do joelho e o fêmur, que é o osso da coxa.

Entre a patela e o fêmur, há uma cartilagem no local e o desgaste dessa cartilagem, por diversas razões, causa a condromalácia patelar.

Esse tipo de condição é comum em atletas e afeta mais as mulheres, uma vez que devido ao quadril mais largo, os joelhos acabam tendo uma posição ligeiramente diferente do que nos homens.

A artrose também é uma causa comum de joelho rangendo. Ela pode ocorrer naturalmente, pelo desgaste da articulação com a idade, ou por excesso de exercícios físicos, feitos em intensidade inadequada, sem o fortalecimento muscular apropriado, causando danos diretos ao joelho.

Outra razão de joelho rangendo é a inflamação da membrana que envolve a articulação do joelho, chamada de sinovite. Essa membrana é responsável pela produção do líquido sinovial, que traz lubrificação à articulação.

Com a lubrificação deficiente, causada pela membrana inflamada, há também o aumento do atrito das superfícies articulares, causando o ranger.

Quando devo procurar um médico?
Ter o joelho rangendo por si só, sem dor, não é razão específica para procurar um médico. Mas se o ranger vier acompanhado por dor ou inchaço, então a procura por um médico deve ser o quanto antes e não deve ser prolongada.

A pessoa também não deve se automedicar. A automedicação nunca é recomendada e medicação só deve ser usada quando prescrita por um médico.

O médico ortopedista, após o diagnóstico correto, poderá fazer prescrição de remédios e indicar sessões de fisioterapia, para melhora do quadro.

De acordo com o Dr. Thiago Fukuda, com pós-doutorado em Biomecânica pela University of Sourthern California, a fisioterapia está entre os mais eficazes e utilizados para o tratamento de doenças nos joelho, especialmente porque auxilia o indivíduo a corrigir seus movimentos, evitando qualquer tipo de sobrecarga ou inflamação da articulação.

Com a fisioterapia, é possível realizar o fortalecimento da musculatura da região, eliminando os sintomas de dor e com isso, o paciente pode ter uma ótima qualidade de vida. Consulte um horário nas clínicas do INSTITUTO TRATA.

Conclusão
Ter o joelho rangendo pode ser uma condição que, embora cause um barulho desagradável, caso não apresente dor ou inchaço, não causa muita preocupação.

Caso o ranger venha associado à dor ou inchaço, é necessário buscar um médico o quanto antes.

O tratamento é geralmente conservador, com a fisioterapia sendo fundamental para melhorar a qualidade de vida do paciente e o retorno às atividades diárias normais e prática esportiva, sem dor.

fonte: Mais Minas
imagem retirada de https://maisminas.org/joelho-rangendo-o-que-pode-ser/



Whatsapp